Insônia na menopausa, é normal?

De acordo com o Instituto do Sono, a frequência da insônia após a menopausa aumenta significativamente, atingindo cerca de 60% das mulheres nesse período.

Sumário

  • Insônia na menopausa, é normal?  
  • Mas afinal, por que a insônia é tão comum na pós-menopausa?  
  • Tem solução?  

Insônia na menopausa, é normal?

Para respondermos essa pergunta, primeiro, precisamos entender o que é a menopausa e o que faz com que ela aconteça.

A menopausa é um processo natural do corpo de uma mulher, é ela quem marca o final do ciclo reprodutivo com a última menstruação. Geralmente, ela ocorre a partir dos 45 anos e, embora traga consigo sintomas desagradáveis, não deve ser encarada como uma doença, uma vez que é um acontecimento fisiologicamente previsível e inevitável na vida da mulher. Ainda que, psicologicamente, as consequências que ela possa desencadear não o sejam.

Os óvulos produzidos pelas mulheres nos ovários são provenientes de uma reserva de folículos, que não são repostos ao longo da vida, isso significa que a cada menstruação a mulher vai perdendo um desses óvulos até que não sobre mais nenhum. Esse momento é o que marca a menopausa, no último óvulo expelido na menstruação.

Muita gente confunde a menopausa com o climatério, esse último é como chamamos a fase de transição entre a pré menopausa e a pós e, geralmente, começa a dar sinais por volta dos 40 anos de idade podendo se estender até os 65.

Os sintomas mais comuns são:

  • Ondas fortes de calor, esse sendo o sintoma mais relatado pelas mulheres
  • Alterações de humor
  • Diminuição da libido
  • Palpitações
  • Aumento de gordura abdominal
  • Vontade de urinar frequente
  • Insônia

De acordo com o Instituto do Sono, a frequência da insônia após a menopausa aumenta significativamente, atingindo cerca de 60% das mulheres nesse período. Um outro distúrbio do sono que também merece uma atenção especial, já que 50% das mulheres com insônia na pós-menopausa que são diagnosticadas com ele, é a apneia.

Mas afinal, por que a insônia é tão comum na pós-menopausa?

Existem alguns fatores que acabam impactando diretamente na qualidade do sono da mulher na pós menopausa, entre eles estão:

  • Ondas de calor – Atingindo cerca de 70% das mulheres, os também chamados fogachos, possuem intensidades diferentes e podem oscilar na sua frequência. Muitas vezes vêm acompanhados de suor noturno e podem aumentar as ocorrências de despertares durante o período de sono
  • Aumento da gordura abdominal – De acordo com o Instituto do Sono, o aumento de 1cm na circunferência do abdome pode aumentar em 5% no risco de se desenvolver apneia.
  • Vontade de urinar frequente – Uma das alterações fisiológicas que podem acontecer no corpo da mulher na pós-menopausa é o que chamamos de nictúria, que nada mais é do que a bexiga da mulher ficando mais flácida o que resulta numa maior vontade de urinar, principalmente durante a noite.

Tem solução?

Sim! Existem diferentes tratamentos para amenizar os sintomas do climatério que podem te auxiliar a passar por essa fase de forma mais tranquila.

Nossa especialista em sono, Dra. Laura Castro, faz um alerta: “De modo geral, na menopausa, o problema é que as alterações hormonais podem trazer consequências bem diferentes, e nem todas as mulheres respondem da mesma forma a tratamentos, principalmente com terapias alternativas, como o uso de fitoterápicos ou derivados de plantas e produtos naturais. Então, seria importante conversar com um médico especialista no climatério, um(a) ginecologista e mesmo um(a) endocrinologista pode ajudar na definição do melhor caminho para encontrar aquilo que irá funcionar para você.”

Caso você esteja passando pelo climatério e perceba alterações que estejam atrapalhando a sua rotina, procure um profissional de saúde especializado, apesar de ser um processo natural ele não precisa ser doloroso.

E se precisar de ajuda para lidar com os problemas de sono, clique aqui e conheça a nossa solução padrão ouro que irá te ajudar a dormir melhor já a partir da 2ª semana.

Compartilhar

Carregando comentários...

A Vigilantes do Sono é pra mim?

Para quem quer dormir melhor

Comece as primeiras sessões do programa e veja como funciona na prática.

Começar teste grátis

Para profissionais de saúde

Saiba como a Vigilantes do Sono pode beneficiar seus pacientes e sua consulta.

Saber mais

Para empresas

Invista no benefício que cuida do sono e saúde mental dos seus colaboradores.

Saber mais