Medicamentos para dormir

Os prós e contras dos principais medicamentos para dormir no Brasil

As mudanças comportamentais aprendidas através da terapia cognitivo-comportamental para a insônia são geralmente a melhor solução para insônia crônica, mas há momentos em que a adição de remédios para dormir pode ajudá-lo(a) a descansar um pouco.

Abaixo você pode encontrar uma lista com os medicamentos mais utilizados para a insônia. Ele estão divididos por categorias: Benzodiazepínicos, Drogas Z, Antidepressivos e Melatoninérgicos

Benzodiazepínicos

Recomendação do Alprazolam (Frontal)

Esse remédio é indicado para tratar da ansiedade, principalmente quando está acompanhada de transtorno do pânico e abstinência de álcool e outras drogas. O efeito deste remédio assim como o Bromazepam são mais curtos que os outros benzodiazepínicos.

Recomendação do Bromazepam (Lexotan)

O Bromazepam é um remédio indicado pelos médicos para tratar problemas como a ansiedade, tensão, e outros transtornos psicológicos como transtornos no humor, transtorno bipolar e a esquizofrenia. O efeito deste remédio assim como o Alprazolam são mais curtos que os outros benzodiazepínicos.

Recomendação do Clonazepam (Rivotril)

Um dos benzodiazepínicos consumidos no Brasil, o Clonazepam é um remédio para dormir que tem efeito tranquilizante e sedativo. Com isso, ajuda no relaxamento muscular e no término de crises convulsivas.

Recomendação do Diazepam (Valium)

O Diazepam pode ser usado para o tratamento de ansiedade, abstinência alcoólica, convulsões e insônia, com efeito rápido e duradouro permitindo a indução e manutenção do sono.

Pontos negativos

  • Você pode se tornar fisicamente e psicologicamente dependente de medicamentos desta classe.
  • As pílulas para dormir podem perder sua eficácia se usadas todas as noites (sendo recomendadas para casos específicos de no máximo 3 a 4 semanas de uso)
  • A qualidade geral do seu sono pode ser reduzida, com menos sono profundo restaurador e sono REM.
  • No dia seguinte, você pode ter lentidão cognitiva e sonolência (o efeito da ressaca).
  • Estes medicamentos não curam a insônia, tal que quando você pára com seu uso, a insônia retorna.
  • Existem estudos que mostram que o uso deste tipo de medicamentos pode levar a demência (ex: Alzheimer).

Drogas Z

Recomendação do Zolpidem (Stilnox, Patz)

A principal indicação do Zolpidem é para ajudar as pessoas a pegarem no sono, com menor efeito para manutenção no sono. As vantagens deste medicamento sobre os benzodiazepínicos é que eles produzem alterações mínimas na arquitetura do sono, mantendo o sono profundo e sono REM. Este hipnótico já foi apontado como o mais prescrito no mundo.

Recomendação da Zaleplona (Sonata)

Sua principal indicação é para rápida indução de sono (mais rápida que o Zolpidem), com pouco efeito em sua manutenção, podendo ser utilizada no meio da noite, em casos de despertar precoce, sem preocupações de acordar grogue na manhã seguinte.

Recomendação da Zopiclona (Imovane)

A zopiclona se difere do zolpidem por ter um tempo de ação maior, apresentando maior potencial de sonolência residual pela manhã, e estudos mostraram alterações no sono similares aos benzodiazepínicos.

Pontos negativos

Apesar de serem menos danosos que os benzodiazepínicos, também apresentam efeitos colaterais indesejados, como:

  • No dia seguinte, você pode ter lentidão cognitiva e sonolência (o efeito da ressaca).
  • O uso contínuo destes medicamentos promove a tolerância aos mesmos e potencial dependência.
  • A recomendação de uso do Zolpidem (medicamento mais vendido desta classe) é de até 4 semanas de uso, agravando riscos de dependência em períodos maiores.
  • Estes medicamentos não curam a insônia, tal que quando você para com seu uso, a insônia retorna.
  • Dores de cabeça, tonturas, náusea, dificuldade em engolir ou respirar
  • Em alguns casos, comportamentos perigosos relacionados ao sono, como caminhar, dirigir e dormir
  • Depressão; pensamentos ou ações suicidas

Antidepressivos

Alguns dos antidepressivos mais usados para a insônia são: Amitriptilina (Tryptanol, Amytril), Trazodona (Donaren), Doxepina (Sinequan) e a Fluoxetina (Prozac).

Recomendação

Às vezes, medicamentos prescritos usados principalmente para tratar a depressão podem aliviar a insônia quando tomados em doses mais baixas, pois provocam sonolência. Quando a insônia é secundária à depressão ou à ansiedade, os antidepressivos podem melhorar as duas condições ao mesmo tempo.

Pontos negativos

Os antidepressivos que têm efeito sedativo podem incluir efeitos colaterais como:

  • Dores de cabeça e tonturas
  • Sonolência durante o dia
  • Arritmia cardíaca
  • Ganho de peso

Melatoninérgico

O medicamento Ramelteona é vendido sob o nome de Rozerem.

Recomendação

Enquanto a maioria dos medicamentos contra insônia trabalham desacelerando o sistema nervoso central, a ramelteona imita a melatonina, um químico que contribui para a regulação do ciclo natural de sono-vigília (ciclo circadiano) do corpo.

É prescrito para pessoas que têm problemas para pegar no sono e é diferente da maioria dos medicamentos mencionados pois não apresenta sinais de abuso ou dependência em períodos de 6 meses a 1 ano.

Pontos negativos

  • Dores de cabeça
  • Sonolência diurna
  • Tonturas

A tabela a seguir apresenta um resumo dos principais medicamentos para dormir e seus efeitos

MedicamentoAjuda a adormecerAjuda a ficar dormindoPode levar à dependência
Alprazolam (Frontal)
Bromazepam (Lexotan)
Clonazepam (Rivotril)
Diazepam (Valium)
Doxepina
Estazolam
Lorazepam (Lorax)
Ramelteona (Rozerem)
Zaleplona (Sonata)
"Zolpidem (Stilnox, Patz)"

Recomendações do tratamento medicamentoso

Se suas melhores tentativas de ter uma boa noite de sono falharem, os remédios para dormir podem ser uma opção. Aqui estão alguns conselhos sobre como usá-los com segurança.

  • Sempre faça um acompanhamento médico antes de iniciar qualquer tratamento medicamentoso.
  • Nunca tome um comprimido para dormir até ir para a cama.
  • Tome a sua pílula para dormir quando puder dormir uma noite inteira.
  • Cuidado com os efeitos colaterais e contra-indicações (converse com seu médico a respeito).
  • Nunca misture álcool e pílulas para dormir.
  • Tome pílulas para dormir estritamente conforme prescrito pelo seu médico.
  • Não interrompa o tratamento medicamentoso de forma abrupta para não sofrer com sintomas de abstinência.

Compartilhar

Carregando comentários...

Artigos Relacionados

O que causa a insônia? Existem dois tipos de insônia, a primária e a secundária. A insônia primária é a insônia que não pode ser atribuída a…

Conversas Relacionadas

Confira a resposta da Dra Simone Prezotti

Qual é a dose máxima de remédios para dormir que eu posso tomar?

O que devo fazer? Não gostaria de voltar devido a dependência.

A TCC-i consegue retirar uma pessoa com insônia crônica dos medicamentos?

Meu médico indicou um remédio psrs dormir, estou na dúvida se devo ou não usar

Dores de cabeça todos os dias mas não consigo dormir sem o remédio

O Vigilantes do Sono é pra mim?

Para insones

Comece as primeiras sessões do programa e veja como funciona na prática.

Começar teste grátis

Para profissionais de saúde

Saiba como o Vigilantes do Sono pode beneficiar seus pacientes e sua consulta.

Saber mais

Para empresas

Invista no benefício que cuida do sono e saúde mental dos seus colaboradores.

Saber mais

Newsletter

Receba gratuitamente informações e dicas de sono comprovadas cientificamente diretamente no seu e-mail.

© 2019-2020 Vigilantes do sono