Como lidar com a irritação

Algumas estratégias para você escolher para a irritação

Antes de qualquer dica, é importante dizer que a irritação não é um sentimento a ser classificado como bom ou ruim. Não é algo a ser buscado, eliminado ou controlado. Trate a irritação como uma mensagem do seu corpo para você dizendo que existe algo acontecendo que você considera errado. Como é uma mensagem, então o melhor a ser feito é recebê-la e processá-la da melhor forma possível.

Diante da irritação existem muitas estratégias que podemos tomar para lidar com a situação naquele momento. Elas se dividem em duas categorias:

  1. Respostas naturais
  2. Respostas intencionais

Respostas naturais

Como o próprio nome diz, as respostas naturais são aquelas que tomamos naturalmente "sem pensar". Tais respostas são destrutivas (em geral, para todos os lados envolvidos) e devem ser trocadas pelas respostas intencionais.

  1. suprimir
  2. ser passivo-agressivo
  3. enfraquecer
  4. discutir
  5. repreender
  6. gritar
  7. estourar
  8. insultar
  9. usar força física

Suprimir

Evitar sentir ou agir sobre a emoção que está sendo experimentada.

Ser passivo-agressivo

Tomar ações que tenham uma agressividade disfarçada.

Enfraquecer

Tomar uma atitude para tornar alguém mais fraco, geralmente de maneira secreta ou gradual.

Discutir

Discordar de uma maneira que possa escalar o conflito.

Repreender

opor-se verbalmente de maneira a escalar o desacordo.

Gritar

perder o controle da fala; falar alto e possivelmente em um tom mais alto.

Estourar

expresse raiva por estar de mau humor.

Insultar

criticar a outra pessoa de uma maneira ofensiva que possa escalar o conflito em vez de resolvê-lo.

Usar força física

atacar fisicamente alguém.

Respostas intencionais

Diferentemente das respostas naturais, essas aqui você faz intencionalmente, ou seja, você tem consciência do que irá fazer. Aqui existem 6 opções:

  1. Respirar profundamente
  2. Retire-se e faça uma pausa
  3. Mudar perspectiva
  4. Definir limites e ser firme
  5. Distrair-se
  6. Evitar ou remover estímulos

Respirar profundamente

Assim como temos o poder de movimentar uma parte do nosso corpo, também temos o poder de acalmar nosso corpo. Repetindo, pois talvez você não tenha dado a devida importância: temos o poder de ativar o sistema que acalma o corpo!

A respiração profunda é exatamente a forma de se fazer isso. Porém, tem uma diferença importante: enquanto você consegue mexer uma parte do seu corpo no mesmo segundo, para acalmar o corpo demora um pouco mais (alguns minutos). Você pode buscar mais sobre o "sistema nervoso parassimpático" se quiser entender mais a fundo o porquê de sermos assim.

Para aplicar a técnica da respiração profunda, leia este artigo.

Retire-se e faça uma pausa

Para não deixar a situação sair do controle, uma estratégia é se retirar da situação que está te irritando e fazer uma pausa mental e física.

Nesse momento, você pode testar uma das seguintes técnicas:

Mudar perspectiva

A estratégia é identificar e depois mudar a maneira como as situações, experiências, eventos, idéias e/ou emoções são vistas. Muitas vezes elas são vistas de uma forma que não te beneficia.

Se você estiver em um conflito com alguém, você pode pensar que é você contra a outra pessoa ou você pode pensar que é você e a outra pessoa contra a situação. A primeira visão faz você entrar em uma competição em que para um ganhar o outro tem que perder. A segunda visão possibilita maior colaboração e a busca de uma solução satisfatória para os dois lados.

Se alguém fez algo que você não gostou, será que ela fez aquilo para te irritar ou será que faltava um conhecimento para ela fazer aquela tarefa? Enquanto o primeiro cenário torna a pessoa má/irresponsável, o segundo cenário torna a pessoa alguém que precisa aprender algo. Ter uma perspectiva maior torna possível ter mais paciência uns com os outros.

Além de ver de uma forma prejudicial, muitas vezes vemos as situações de uma forma incorreta/falsa. Por exemplo, "Meu marido fez aquilo de novo, então ele nunca vai mudar". As pessoas estão em constante mudança. Na verdade, a cada 7 anos todas as células do nosso corpo mudam. Inúmeros são os casos de pessoas que mudam das mais diversas formas, não importa a idade. Portanto, esse pensamento é falso e o problema dele é que faz a gente perder a esperança. Se algo não muda, então não há o que fazer. Se não há o que fazer, o melhor é desistir.

No Vigilantes do Sono temos a técnica de desafiar pensamentos negativos, que ajuda a identificar pensamentos distorcidos e a analisar de uma forma mais realista.

Definir limites e ser firme

Em geral a irritação ocorre porque algum valor seu foi desrespeitado. Alguém (ou você) fez algo que você considera errado e/ou injusto. Que valor é esse? Para que é importante que todos respeitem esse valor?

A estratégia é ser firme e deixar claro quais comportamentos não são tolerados e os motivos disso. Essa estratégia é principalmente útil se você é do tipo que suprime sua irritação.

Existem pontos importantes aqui:

  1. Definir os limites não é ameaçar, mostrar quem manda ou punir (ex: "Faça isso, senão ..."). É educar e mostrar as possíveis escolhas e suas consequências (ex: "Se você fizer X, então Y. Se fizer Z, então W).
  2. Ser firme não é gritar ou qualquer outra das respostas naturais mencionadas acima. É dizer seus pontos com clareza, confiança e simplicidade.
  3. Você não consegue forçar alguém a fazer a algo. Você pode fazer tudo que você consegue, mas no final das contas quem faz o movimento é a outra pessoa, então defina os limites mostrando opções e consequências razoáveis e realistas. Acima de tudo, tenha consciência que os limites setados podem ser cruzados. Esquecer isso é a receita para se frustar.

Distrair-se

A estratégia é desviar a atenção da mente dos pensamentos e emoções daquele instante. Isso é útil em situações em que não podemos (por falta de tempo ou capacidade) lidar com a situação.

No Vigilantes do Sono recomendamos a técnica parada de pensamento para fazer isso.

Evitar ou remover os estímulos

Algo que ajuda muito é você identificar exatamente o que dispara sua irritação. O que exatamente ocorre que te irrita? Se você descobrir isso, você pode encontrar formas de evitar ou até remover esse estímulo. Por exemplo, se algo que te irrita é uma discussão nas redes sociais, então porque você vai usar seu celular perto da hora de dormir? É certeza que isso vai te irritar e te tirar o sono. Ao identificar como sua irritação funciona, você consegue criar mecanismos internos e/ou externos para não sentí-la em momentos inapropriados.

O que faço com tudo isso?

Agora que você sabe as diferentes estratégias a serem tomadas, vale a pena refletir:

  • Quais das "respostas naturais" você utiliza normalmente?
  • Será que é possível trocá-las para uma das "respostas intencionais"? Qual(s)?

Responda nos comentários 😉

Compartilhar

Carregando comentários...

O Vigilantes do Sono é pra mim?

Para insones

Comece as primeiras sessões do programa e veja como funciona na prática.

Começar teste grátis

Para profissionais de saúde

Saiba como o Vigilantes do Sono pode beneficiar seus pacientes e sua consulta.

Saber mais

Para empresas

Invista no benefício que cuida do sono e saúde mental dos seus colaboradores.

Saber mais

Newsletter

Receba gratuitamente informações e dicas de sono comprovadas cientificamente diretamente no seu e-mail.

© 2019-2020 Vigilantes do sono